Igreja de Nossa Senhora de Montserrat – Salvador, Bahia

No ano de 1609, antes de falecer, Garcia d’Ávila deixou para os monges beneditinos, através de testamento, uma porção de terras no Cabo de Montserrat. O nome do local se deve ao fato de que ali já havia uma capela dedicada a Nossa Senhora de Montserrat, que fora edificada por um militar espanhol, em fins do século XVI.

A partir de 1679, os monges beneditinos edificaram uma pequena ermida, vinculada ao Mosteiro de São Bento de Salvador. Nessa região, também se encontram a igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem, e o Santuário do Senhor do Bonfim. Junto à ermida de Montserrat, também houve um asilo e casa de hospedagem, contíguos ao pequeno mosteiro.

Em seu interior, a igreja possui azulejos portugueses do século XVII, e o grande destaque é o altar-mor, que é ornado com o que restou do antigo retábulo barroco do Mosteiro de São Bento, que foi trazido para essa igreja nos anos 1930.

REFERÊNCIA:

– Bazin, German, L’Arquitecture Religieuse Baroque au Brésil, Tomes I e II, Paris: Librairie Plon, 1958

 

2 comentários sobre “Igreja de Nossa Senhora de Montserrat – Salvador, Bahia

  1. Acho que foi ao contrário, um dos Ávila trocou a península de Itapagipe por terras de Itapuã, da praia até o Rio Joanes, ficando os beneditinos apenas com a Igreja de Monteserrat. Lauro de Freitas ou antiga Santo Amaro de Ipitanga pertencia aos beneditinos. Santo Amaro faz parte da hagiografia beneditina.

    Curtir

    1. Segundo German Bazin, a informação da doação está no Arquivo Beneditino, Testamento de Garcia d”Avila, Livro 1o de Tombo, folha 179 verso, e Livro IIo do Tombo, folha 70 verso. Provavelmente arquivado em Portugal.

      Curtir

Deixe uma resposta para Perfil Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.