Convento Franciscano de Santa Maria Madalena – Marechal Deodoro, Alagoas

Nas primeiras décadas do século XVII, os moradores da antiga Vila de Santa Madalena da Lagoa do Sul , em Alagoas, fizeram um requerimento para que se instalasse no local um recolhimento para religiosos. No ano de 1635 chegaram no local os dois primeiros monges, mas logo tiveram que sair de lá e se refugiar em Salvador, devido à invasão holandesa que estava em curso na região.

Cessada a guerra, em 1659 foi feita uma nova petição dos habitantes, e a comunidade religiosa foi reaberta. Mas a primeira pedra do novo convento seria colocada quase trinta anos depois, em 1684.

A capela mor foi inaugurada em 1689, com a primeira missa celebrada a 25 de março. Os retábulos dessa igreja, juntamente com os da Capela Dourada de Recife, provavelmente são os mais antigos exemplares de talha franciscana no Nordeste que ainda existem.

As obras da igreja continuaram até 1723, e o frontispício foi terminado setenta anos depois, em 1793. A capela da Ordem Terceira foi edificada nessa época, seguindo o mesmo estilo de fachada.

Após a proclamação da República, e seguindo o desagradável costume de mudar nomes de cidades para homeagenar políticos, a cidade passou a se chamar ‘Marechal Deodoro’.

Em 1908 os franciscanos deixaram o local, que foi transformado em um ofranato, e que logo depois seguiu abandonado por vários anos. Posteriormente, foi aberto um museu no complexo conventual, e várias imagens foram retiradas do contexto das igrejas para serem colocadas em exposição.

Retábulo-mor
Capela lateral, datada de 1709.
Interior atual da capela da Ordem Terceira, provavelmente despojada de sua decoração original. O retábulo-mor é de alvenaria, datado de 1923.

REFERÊNCIAS:

O Convento Franciscano de Marechal Deodoro, Ana Cláudia Magalhães (Org.) Josemary Ferrare (Org.) e outros. IPHAN, 2012.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.